terça-feira, 20 de outubro de 2015

Porquê a disciplina Área de Integração?

  • A sua designação remete-nos, desde logo, para uma ideia de transversalidade e encontro de conhecimentos de diferentes áreas disciplinares, disponíveis para serem aplicados numa melhor compreensão do mundo contemporâneo.
    Programa de Área de Integração
Na Escola são leccionadas numerosas disciplinas, correspondendo frequentemente o seu nome ao de uma Ciência. Exemplos: Biologia, Física, Química, Economia, História. Cada uma corresponde a um código de leitura do real, apresentando um conjunto estruturado de saberes, o respectivo objecto científico. Mas a realidade é só uma – o objecto real é único -, pelo que a compreensão dos fenómenos em toda a sua complexidade, obriga à convocação dos vários saberes disciplinares. Esta atitude metodológica designa-se por interdisciplinaridade, acima referida como “uma ideia de transversalidade e encontro de conhecimentos de diferentes áreas disciplinares”.

A compatibilização do ensino/aprendizagem de áreas disciplinares diferentes com a transversalidade proposta em AI levou a atribuir conteúdos no 1º ano a Geografia, no 2º a Economia e no 3º a Filosofia.

Imaginando o diagnóstico e tratamento de um doente...
1. Refere o objecto real.
2. Refere os objectos científicos.
3. Explica a necessidade de uma atitude interdisciplinar.

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Da Revolução Industrial à Pós-Modernidade

Tomando como referência os tópicos abaixo, constrói uma apresentação no Google Drive, no mínimo com 15 slides, que sintetize a construção social do entendimento do Mundo,  desde a Revolução Industrial á Pós-modernidade.
  • A Revolução Industrial
  • As colonizações e a construção de impérios coloniais
  • O incremento científico e tecnológico dos séc, XIX e XX
  • As duas guerras mundiais
  • A construção da democracia
  • As descolonizações
  • Queda do Muro de Berlim: pós-modernidade fim de uma ordem económica mundial
  • Pós-modernidade: sociedade de riscos e incerteza (Modernidade tardia, Modernidade reflexiva, Modernidade Avançada)
Cada Grupo escolhe dois tópicos que serão desenvolvidos em 5 slides, sintetizando cada um dos restantes pontos num só slide.


Valoriza-se a utilização de fontes institucionais. Como em português os recursos educativos são escassos, sugere-se a pesquisa em inglês ou francês, utilizando o tradutor. Já se sabe que as traduções assim obtidas não resultam em textos em português irrepreensível, pelo que a melhoria dos mesmos também será cotada. 

De Aristóteles à Modernidade

Tomando como referência os tópicos abaixo, constrói uma apresentação no Google Drive, no mínimo com 15 slides, que sintetize a construção social do entendimento do Mundo, desde a lógica de Aristóteles á racionalidade científica da Modernidade.
  • A legitimação dos sistemas de estratificação por Aristóteles  Ariana & Patrícia
  • Sistemas de estratificação  Bruna & Carol
  • Mobilidade social  Alfaela & Filipe
  • A Revolução Francesa  PONTO COMUM
  • O ideário da revolução francesa  Soraia & Suzane
  • Doutrinas socialistas e utopistas  Elizângela & Rita
  • A racionalidade científica (Modernidade) César & Stella
Cada Grupo escolhe dois tópicos que serão desenvolvidos em 5 slides, sintetizando cada um dos restantes pontos num só slide.

Valoriza-se a utilização de fontes institucionais. Como em português os recursos educativos são escassos, sugere-se a pesquisa em inglês ou francês, utilizando o tradutor. Já se sabe que as traduções assim obtidas não resultam em textos em português irrepreensível, pelo que a melhoria dos mesmos também será cotada. 


Exemplo em que foi utilizado o Tradutor: Origens da Revolução Francesa

HELP

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Avaliação

Neste post irá sendo actualizada uma imagem com indicação das tarefas terminadas, a corrigir, ou simplesmente por iniciar.

Bom trabalho!


Avaliação


http://www.wordclouds.com/


Testes:
05/FEV - Módulo 3, ÚLTIMA 6ª-FEIRA ANTES DO CARNAVAL
31/MAI - Módulo 4